Soluções

P5310-X

SÉRIE POLYTRON 5000 – Detector Polytron 5310

  • Tipo de Sensor – Infravermelho (IR)
  • Tipo de Gases – Vapores e gases inflamáveis
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

Detector Polytron 5200

  • Tipo de Sensor – Catalítico
  • Tipo de Gases – Vapores e gases combustíveis
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

Detector Polytron 5100

  • Tipo de Sensor – Eletroquímico
  • Tipo de Gases – Gases tóxicos e oxigênio
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

SÉRIE POLYTRON 8000 – Detector Polytron 8310

  • Tipo de Sensor – Infravermelho (IR)
  • Tipo de Gases – Vapores e gases inflamáveis
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA / HART® / Modbus / Fieldbus (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

Detector Polytron 8200

  • Tipo de Sensor – Catalítico
  • Tipo de Gases – Vapores e gases combustíveis
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA / HART® / Modbus / Fieldbus (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

 

O Dräger Polytron® 8200 CAT é um transmissor avançado à prova de explosão para a detecção de gases inflamáveis no limite inferior de explosividade (LEL). Ele usa um DrägerSensor® Ex … DD catalítico que detecta a maioria dos gases e vapores inflamáveis. Além de uma saída analógica de 4 a 20 mA com 3 fios e relés, também oferece protocolos Modbus e Fieldbus, o que o torna compatível com a maioria dos sistemas de controle.

A mais nova geração de sensores de gás do tipo DD baseia-se no comprovado princípio de medição catalítica. Os inovadores elementos de dupla ação proporcionam uma estabilidade a longo prazo muito boa do ponto zero. A Dräger aumentou ainda mais as exigências para a resistência a produtos tóxicos. A longa vida útil resultante permite que o custo de propriedade seja baixo. O desempenho de medição também foi melhorado. A entrada de gás inovadora permite que o sensor responda aos gases em questão de segundos.

O Dräger Polytron 8200 é dotado de interfaces digitais que permitem o questionamento remoto rápido e fácil do estado do transmissor. É possível realizar a integração com os sistemas de gerenciamento de ativos existentes, como PACTware™, por meio do DTM. Além do sistema de comunicação HART® comum, também estão disponíveis as interfaces fieldbus PROFIBUS® PA, FOUNDATION fieldbus™ H1 e Modbus RTU.

Detector Polytron 8100

  • Tipo de Sensor – Eletroquímico
  • Tipo de Gases – Gases tóxicos e oxigênio
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA / HART® / Modbus / Fieldbus (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

O Polytron® 8100 EC é o top de linha dos transmissores à prova de explosão da Dräger para a detecção de gases tóxicos ou oxigênio. Ele usa um conector de alto desempenho e opera um DrägerSensor® eletroquímico para detectar gases específicos. Além de uma saída analógica de 4 a 20 mA com 3 fios e relés, também oferece protocolo Modbus e Fieldbus, o que o torna compatível com a maioria dos sistemas de controle.

Com um DrägerSensor eletroquímico exclusivo, o Polytron 8100 pode detectar mais de 100 gases tóxicos e oxigênio. Esses sensores com vida longa útil proporcionam detecção contínua mesmo nas condições mais inóspitas. Os DrägerSensors oferecem a maior faixa de temperatura e umidade da indústria, entre 40 °C a +65 °C (-40 °F a +150 °F). A memória embutida contém todas as informações de calibração e configuração. Por isso, o sensor é enviado pré-calibrado e pronto para a operação imediata. Uma função de auto teste inteligente do sensor permite a manutenção preditiva. A conexão intrinsecamente segura do sensor elimina a necessidade de um supressor de chamas, proporcionando tempos de resposta menores e maior sensibilidade.

Detector Polytron 8720

  • Tipo de Sensor – Infravermelho (IR)
  • Tipo de Gases – CO2
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA / HART® / Modbus / Fieldbus (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

 

O Dräger Polytron® 8720 IR é um transmissor avançado à prova de explosão para a detecção de dióxido de carbono em percentual de volume ou ppm. Ele usa um sensor infravermelho Dräger PIR 7200 de alto desempenho, que não é danificado ao ser mergulhado na água. Além de uma saída analógica de 4 a 20 mA com 3 fios e relés, também oferece Modbus e Fieldbus, o que o torna compatível com a maioria dos sistemas de controle.

Com sua carcaça de aço inoxidável 316L e sistema óptico estável, o Dräger PIR 7200 foi desenvolvido para os ambientes industriais e externos mais hostis. O exclusivo sistema estabilizador de sinal com 4 feixes torna o sensor resistente a poeira ou depósitos de sujeira nas superfícies ópticas. Os efeitos do ambiente e do tempo são compensados garantindo uma operação estável por longo prazo. O intervalo de medição pode ser livremente ajustado entre 0 e 2.000 ppm ou 0 e 30% de volume, permitindo uma ampla variedade de aplicações.

Detector Polytron 7000

  • Tipo de Sensor – Eletroquímico
  • Tipo de Gases – Gases tóxicos e oxigênio
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA / HART® / LON / Profibus / Fieldbus (Opcional de 3 relés)
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

Detector Polytron PIR7000

  • Tipo de Sensor – Infravermelho (IR)
  • Tipo de Gases – Gases tóxicos e oxigênio
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA e HART®
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (UL / CSA / IECEx / ATEX)

 

O Dräger PIR 7000 é um detector infravermelho, à prova de explosão, para monitoração contínua de gases e vapores combustíveis. Com sua caixa de aço inoxidável SS 316L e ópticas isentas de desvio, este detector foi construído para os mais severos ambientes industriais, por exemplo, instalações Offshore.

Dois modelos do Dräger PIR 7000 estão disponíveis – o tipo 334 e o tipo 340. Cada modelo trabalha com um comprimento de onda de medição diferente, oferecendo assim, a faixa mais ampla possível de substâncias detectáveis com precisão superior.

Seguindo o sucesso do mais estável detector de gás infravermelho pontual em todo o mundo – o Dräger Polytron IR – a Dräger agora introduz o Dräger PIR 7000, que engloba o que há de mais novo em tecnologia revolucionária. Com base em inovações patenteadas, o Dräger PIR 7000 combina uma construção que coleta o máximo de luz com um sistema estabilizador de sinal de 4 feixes. O sistema óptico total não usa uma ruptura do feixe de luz, mas simplesmente um conjunto de vários refletores. Este sistema óptico de dupla compensação é muito resistente em relação às influências conhecidas, tais como poeira, névoa ou insetos frequentemente encontrados na cuveta de medição ou por acúmulo de sujeira nas superfícies ópticas. Devido à sua construção sem imagem, o sinal de medição não é afetado por uma obstrução parcial dos feixes.

 

Detector Polytron PEX3000

  • Tipo de Sensor – Eletroquímico
  • Tipo de Gases – Vapores e gases combustíveis
  • Tipos de Saída – 4 a 20mA
  • Classificação “Ex” – Á prova de Explosão (ATEX)

Unidade de Controle – REGARD 7000

  • Sistema de gerenciamento de Multi Detectores de Gases Draeger
  • Comunicação em 4 a 20mA / HART® / Modbus
  • Atuação Bidirecional
  • Funcionamento em rede com outros gerenciadores da linha REGARD
  • Modular e Expansível

O Dräger REGARD® 7000 é um sistema de análise modular e altamente expansível para o monitoramento de vários gases e vapores. Adequado para sistemas de alerta de vazamento de gás com variados níveis de complexidade e número de transmissores, o Dräger REGARD® 7000 também tem confiabilidade e eficiência excepcionais. Um benefício adicional é a compatibilidade reversa com o REGARD®.

O Dräger REGARD 7000 foi concebido para atender exigências específicas e adequa-se a uma grande variedade de infraestruturas distintas. Ele processa sinais de transmissores analógicos e suporta acesso remoto via HART®1. Uma interface Modbus RTU permite que informações de sistemas de níveis superiores sejam processadas. Alarmes complexos podem ser adaptados a suas exigências específicas, e os relês de comutação podem ser configurados para otimizar seus processos. A estrutura modular do REGARD 7000 torna possível adaptar o desenho do sistema de modo a atender exatamente suas necessidades. O sistema pode ser alterado ou expandido facilmente. Também é possível conectar o equipamento REGARD existente ao novo REGARD 7000. As vantagens do novo REGARD 7000 em termos de visão geral e documentação podem, dessa forma, ser traduzidas para todo o sistema.

O REGARD 7000 usa uma arquitetura de sistema independente. O que impede que haja falha do sistema todo se um dos componentes falhar (ponto único de falha). E também facilita a adição de subsistemas independentes. O uso de filtros de software otimizados na preparação do sinal, a opção de suprimir o alarme e a comparação dos valores de medições transmitidos por sinal analógico e digital resultam na mais eficaz prevenção de alarmes falsos jamais vista. Sinais especiais (erros, advertências, etc.) transmitidos de forma analógica são sempre identificados corretamente, facilitando o processo de avaliação.

×