ARTIGOS

Entenda o que são agentes limpos para incêndios

Devido à importância atrelada à segurança contra incêndios, atualmente existem diversos métodos para lidar com eles.

Para que os ambientes sejam mantidos seguros, a Norma Regulamentadora 23, por exemplo, determina algumas orientações que envolvem o uso de equipamentos de prevenção e também de combate a incêndios.

Dentre as medidas de combate a incêndio é possível listar o uso agentes limpos! Apesar da sua importância, nem todos entendem o que é, quais são os tipos desses agentes e quando é possível utilizá-los.

Entretanto, nesse texto é possível tirar todas essas dúvidas! Confira abaixo!

O que são agentes limpos para combate a incêndios?

Existem diversas classes de incêndio e essas classes variam de acordo com o material causador do fogo. Por conta da diversidade de causas, também é possível contar com uma grande variedade de soluções contra eles.

Sob esse contexto, os agentes limpos funcionam como um método para combater incêndios das classes A, B e C. O diferencial desses agentes é a possibilidade de agir sobre incêndios que não podem ser combatidos com água.

Isto é, há diversos incêndios que ocorrem em sistemas elétricos ou em equipamentos de alto valor agregado que podem ser severamente danificados caso sejam expostos à água. Em contrapartida, os agentes limpos apresentam características não danosas, sendo alguns deles até mais eficientes para conter a propagação das chamas.

Por conta disso, em casos como esses, recomenda-se a utilização de agentes limpos para supressão das chamas provindas de um incêndio. Os mesmos costumam ser disponibilizados em cilindros de contenção apropriados, de diferentes volumes, e interligados a uma rede de tubulação previamente projetada para atender de forma rápida e eficaz todo o ambiente a ser protegido.

Quais são os tipos de agentes limpos disponíveis?

Existem diversos tipos de agente limpo com diferentes características, mas extremamente eficientes para diversos tipos de aplicação. Alguns exemplos são: FM-200, NOVEC 1230, Ecaro 25, HFC-227, FE-25 e CO2.

Confira alguns detalhes sobre dois tipos desses agentes limpos:

FM-200

O FM-200 é um gás sustentável e não tóxico extremamente eficiente, pois seu mecanismo de supressão do fogo é ativo. Isso quer dizer que o incêndio é resfriado fisicamente a nível molecular, o que inibe a reação em cadeia da combustão.

Como resultado, o gás evita maiores prejuízos que seriam causados pelo incêndio, ou pela forma errado de combate-lo. Por conta disso, ele é muito recomendado para empresas que detêm equipamentos eletrônicos delicados e de alto valor.

NOVEC 1230

Este é agente extintor mais moderno do mundo. Suas características são: alta e rápida eficiência, segurança em áreas ocupadas, sustentabilidade e tempo de dissipação na atmosfera de até 5 dias.

Devido à tendência global de um mundo mais limpo, bem como sustentável, essa novidade se espalhou rapidamente entre as empresas responsáveis ambientalmente.

Principalmente porque o sistema NOVEC 1230 não deixa resíduos e não provoca choque térmico.

E se após essa leitura você identificar que a sua empresa demanda de agentes limpos para compor o sistema de segurança contra incêndios, então conte com a Digisensor! Temos soluções em supressão por gases ideais para o seu negócio!

Agentes Limpos
×